Sobre a mesa, o sonho

A experiência e as vivências de Ticha Ribeiro somam para que Ma Perle seja uma marca única de Table Couture

Insta: Ma Perle – Moda Para MesaTicha Ribeiro

Quem entra em uma casa pela primeira vez e a observa pelas paredes, os quadros repousados nos pregos, cada um como uma porta, uma fresta que seja para sentir só com a imaginação, é como quem senta em uma mesa bem-posta e permite ao olhar vagar pelos detalhes, como se eles fossem uma varanda sobre outra coisa ainda, e essa coisa é que é linda.

Para Ticha Ribeiro, o fascínio pela beleza é uma atmosfera de sonho que ela soube transformar em realidade. Tanto nos mais de 20 anos em que trabalhou como produtora de moda e stylist, quanto agora, com sua marca Ma Perle Table Couture.

Ticha veste cada uma de suas mesas com o mesmo encantamento. Seu trabalho está fundamentado em pesquisas de tendências e de comportamento, que ela leva para cada coleção. E cada coleção sempre tem um enredo, que não começa nem termina, como a narrativa mágica de mil e um dias girassolados.

A forma como ela elabora uma mesa, como cria, como coloca cada acessório tem influência de tudo o que já viu, aprendeu e experimentou com a moda. Por isso o apreço pelo design, pelo acabamento impecável, pela matéria-prima primorosa. E qual seria a engrenagem que move esse fazer de Ticha? Certamente a paixão, essa chama que acende a luz da imaginação. Paixão que vem desde criança, quando aprendeu com a avó materna a apreciar a elegância e a delicadeza de uma louça fina, dos cristais e a da prataria, tudo estrategicamente disposto, respeitando certa rigidez estética, mas sem excessos.

Foi com a mãe que ela entendeu que o toque pessoal, aquilo que dá alma a esse cenário, é o que faz com que todos se sintam especiais e harmonizados quando estão à mesa, em um momento que é de pura comunhão.

As influências são muitas. Com as tias, por exemplo, ela foi iniciada na fabulosa arte de apreciar antiguidades e peças garimpadas, rico legado que amplia as fronteiras de Ticha, aguçando seu desejo de conhecer novas /velhas histórias. E foi com o pai, que ela descobriu que há ocasiões em que o tempo deveria ficar entre parênteses e os ponteiros do relógio imóveis: não se deve ter pressa ao sentar-se à mesa.

Fica fácil entender porque toda a beleza do trabalho de Ticha Ribeiro tem algo de familiar. O avô paterno foi quem a ensinou que o avesso também tem sua beleza; “Aprendi a desconstruir toda polidez e a criar o “caos” necessário que, afinal, é a parte divertida de tudo isso! E como nessa receita irreplicável, em que os ingredientes são todos de profunda humanidade, foi com o marido que ela diz ter descoberto que bom gosto não tem limite. “Quando penso em tudo que já vi de lindo e moderno nessa vida, ele me surpreende com presentes que me tiram o fôlego e alimentam meu acervo com o que há de mais precioso, o amor” revela.

Para os amantes da boa mesa, aquela onde também se come com os olhos, um bom conselho: essa receita é impossível de ser copiada, principalmente porque, no fundo, cada pessoa tem que ter a sua própria. Mesmo assim, ajuda muito ter à mão os produtos das coleções da Ma Perle.

FOTOS DO ACERVO DE TICHA RIBEIRO

PROGRAMA DO DIA

Ouça nossos podcasts para

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Sobre a mesa, o sonho

A experiência e as vivências de Ticha Ribeiro somam para que Ma Perle seja uma marca única de Table Couture

Realismo fantástico

Equilibrar razão e emoção em um ambiente encantador e também funcional? O projeto de Manoela Beneti é uma boa resposta