Rufem os tambores

CASACOR Minas Gerais inicia preparativos para a 26ª edição, no Palácio das Mangabeiras e o TENDÊNCIAS assume curadoria e operação de moda 

Insta: Casacor Minas

Todo mundo tem algo de 2019 que marcou aquele ano de forma especial. Aqui entre nós, uma delas é a 25ª edição da CASACOR Minas, que abriu o Palácio das Mangabeiras pela primeira vez ao público. Quando a gente passava os portões, fazia os percursos pelas construções temporárias que apresentavam os ambientes assinados por arquitetos e designers, já dava aquela aquecida por dentro. Quem teve a oportunidade de ver um pôr do sol refletido na Serra do Curral “logo ali”, ou de assistir a um desfile na piscina, tomar um drink no bar e participar dos inúmeros eventos que aconteceram por lá, já tem um quarto na memória afetiva, reservado para aqueles momentos.

Até ali, ninguém imaginava que 2020 se transformaria no ano que não passou ou não acabou, que nos colocou de alguma forma em um vórtice, de cara com uma roleta russa, que ainda não deu trégua. Isolamento social, perdas, novas descobertas, medo, novas estratégias, muita confusão de informação e a força que nos faz seguir em frente persistindo o tempo todo. Foi o ano em que aconteceu Janelas CASACOR, uma maneira de permanecer com o legado de ser a mais importante plataforma que movimenta diversas áreas e profissionais em torno do objetivo de promover o conceito de morar na contemporaneidade. Uma maneira de seguir em frente com o mesmo profissionalismo, a mesma garra e excelência em tudo o que leva o carimbo CASACOR.


A página do ano virou, mas a da pandemia ainda não. Entramos em 2021 enfrentando desafios já conhecidos desde março do ano passado, mas já sabendo que há luz no fim desse túnel do covid 19. Por isso, a CASACOR Minas retoma sua programação em 2021 e vai realizar a próxima edição da mostra entre os dias 14 de setembro e 17 de outubro no mesmo cenário do Palácio das Mangabeiras. E tem novidades.

Após várias análises e estudos de viabilidade e segurança para o público, os profissionais participantes e toda a sua equipe, a direção da mostra decidiu fazer alguns ajustes no seu formato. O primeiro deles será a escolha da área utilizada para a abrigar os ambientes. A maioria será instalada nos jardins do Palácio das Mangabeiras, ou seja, em áreas abertas, possibilitando a ampla circulação de ar. Além disso, haverá um controle preciso de acesso ao evento, além de todos os dispositivos necessários para conter a disseminação do vírus.

O evento que já faz parte do calendário oficial brasileiro, recebendo visitantes de várias cidades, também traz como novidade o fato de o TENDÊNCIAS, ou seja, eu e o Leopoldo Gurgel, assumir a curadoria e a operação de moda da próxima edição. Portanto, prepare-se para conhecer o talento e o estilo de várias marcas que estarão no evento. Também faz parte da equipe confirmada para o evento: Fábio Gomides – A Dupla Informação – que há vários anos assume a assessoria de imprensa, comunicação estratégica, produção de conteúdo e edição da revista da CASACOR Minas; à frente das estratégias digitais está Felipe Siqueira e, no marketing digital e inovação comercial, Juliana Gontijo, da Benê Mais. Luisa Jordá, na produção geral, Junia Nocchi, nas relações públicas, Jussara Schmidt, Délia Jaime, Márcia Perigolo e Filipe Garcia M. Freitas, na equipe comercial, além de Henrique Chaves, que assume a curadoria e a operação do setor Alimentos e Bebidas. Tudo, sob a batuta dos diretores Juliana Grillo e Eduardo Faleiro.

Desfile Valéria Mansur, Zótika, Tianelle Jóias e Estúdio NHNH, na CASACOR 2019. Direção executiva Leopoldo Gurgel. Direção Artística e Styling Zeca Perdigão.

FOTOS: Jomar Bragança, Bárbara Dutra, Álvaro Fráguas

VÍDEOS: NY18, João Otávio Bandeira

PROGRAMA DO DIA

Ouça nossos podcasts para

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Ideias vivas

Projeto de Gustavo Penna, atualmente o endereço da 31 Mobiliário, mostra que arquitetura não é dentro, nem fora. É através

Parece um sonho

Um mini Inhotim particular, o jardim, assinado por Luiz Carlos e André Orsini, encanta e se harmoniza com as encostas florestadas

El Mai

Culinária contemporânea e comida japonesa: o alto padrão da cozinha está também na arquitetura de interiores assinada por Isabela Vecci

Arte que arde

Também na exposição em cartaz no BDMG Cultural, Desali e Affonso Uchôa contagiam a arte com a energia da periferia