Fogo e arte

A história das famílias vidreiras de Murano, na Itália, bem como a de Mário Seguso encantam gerações e públicos diversos

Insta: Cristais Cá D’oroConsulado da Itália em Belo HorizonteCasacor Minas Gerais

Tradição, técnica, pesquisas, segredos, cores e muita criatividade. A história de Murano, uma ilha de Veneza, Itália, remonta ao século 13, quando as fábricas de vidro que funcionavam no continente foram transferidas para lá, juntamente com os vidreiros e suas famílias. Muito além das explicações oficiais na época, a intenção era a de deixar confinados os segredos da fabricação do vidro, que era muito valioso nas relações comerciais venezianas.

Como tinham pouca liberdade de ir e vir, essas famílias de vidreiros transferidas para a ilha próxima a Veneza ganharam, em contrapartida, status de nobreza. Era um grupo bastante fechado e, entre essas famílias, estavam os Seguso que, até hoje, ininterruptamente, continuam suas atividades relacionada ao mundo do vidro.

Desde o início, Murano passou a ser sinônimo do vidro ali produzido e isso se relaciona à constante busca do aperfeiçoamento da técnica e da qualidade do que faziam. Um preciso trabalho artesanal e de muita criatividade, à qual está atrelada a família Seguso, que, até hoje, ininterruptamente, prossegue suas atividades relacionada ao mundo do vidro. É dentro dessa tradição que Mario Seguso, nasceu, em 1929.

Ele estudou no Instituto de Arte de Veneza, especializando-se em “design” e gravação em cristal. Convidado a vir ao Brasil, em 1954, para executar peças especiais para a comemoração dos 400 anos da cidade de São Paulo, Mario Seguso se encantou pelo país e acabou se apaixonando pela a cidade de Poços de Caldas, em Minas, que escolheu para se estabelecer e exercer a sua arte, fundando em 1965 a Cristais Cá d’Oro.

Dentro da própria fábrica, Mario criou a Oficina de Fogo e Arte, para dar continuidade às pesquisas de novas formas e efeitos. Com o domínio absoluto da refinada técnica de desenho e fabricação, aliado a todos esses anos de absorção da cultura, flora, fauna, luzes e outras maravilhas brasileiras, Mario revelou seu estilo inconfundível, sempre criando novas peças e esculturas. O seu trabalho artístico, inclusive, passou a ser amplamente reconhecido não só no Brasil como no exterior.

Com o passar dos anos, Mario Seguso transferiu a direção dos seus negócios a seu filho Adriano Seguso, que hoje, por sua vez, conta com a colaboração preciosa de seus filhos Rodrigo e Guilherme. Perpetua-se, assim, a tradição dessa família vidreira também no Brasil, com a mesma seriedade e dedicação de seus antepassados.

O Consulado da Itália em Belo Horizonte e a CASACOR Minas produziram o projeto Idee di Design, uma série de vídeos que apresentam a influência do design italiano no mundo, inclusive no Brasil. Em um dos episódios, eles fizeram uma visita ao ateliê criado pelo artesão Mario Seguso, nascido na Ilha de Murano, na Itália. Foi esse vídeo que nos inspirou a fazer essa matéria. Assista:

PROGRAMA DO DIA

Ouça nossos podcasts para

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Sobre a mesa, o sonho

A experiência e as vivências de Ticha Ribeiro somam para que Ma Perle seja uma marca única de Table Couture

Realismo fantástico

Equilibrar razão e emoção em um ambiente encantador e também funcional? O projeto de Manoela Beneti é uma boa resposta