CASACOR RIO 2022

Mostra carioca repete endereço da residência Brando Barbosa, imóvel icônico de 1860, no Jardim Botânico, porém apresenta um novo olhar

Insta: CASACOR RIO DE JANEIRO

Um instituto cultural de portas abertas. Essa é a proposta que emerge da 31ª. edição da CASACOR Rio, que abriu a temporada da mostra no país e vai até o dia 26 de junho. Pelo segundo ano consecutivo ela acontece na Residência Brando Barbosa, um lugar lindo. Desta vez, são 45 ambientes que ocupam o imóvel icônico no Jardim Botânico. Nos espaços, soluções diversas e plurais para uma casa com alma, hiperconectada, repleta de memórias afetivas e, claro, com muita personalidade.

Se em 2021, a arquitetura original e os ares palacianos da casa foram as grandes estrelas dos ambientes, dessa vez, tudo surge diferente com propostas inovadoras, novos usos para os espaços, ares mais contemporâneos na decoração e soluções que podem facilmente ser replicadas. Tudo isso, sempre protegendo e preservando as características originais, já que o casarão é tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC).

Como o casal Brando Barbosa não teve herdeiros, o sonho deles era ver a propriedade transformada em um instituto cultural, um local para receber com sala de música, lounge, adega, sala de projeção. No segundo andar, a mostra apresenta estúdios que poderiam ser usados por artistas residentes ou convidados do instituto.

Todos os ambientes são voltados à arte, à cultura e ao encontro. São espaços pensados para receber os visitantes, seja num sarau realizado na sala que tem o piano original da residência; seja num happy hour regado a vinho; seja um encontro casual na sala aberta para o charmoso pátio externo da casa – dessa vez, também preparado para receber os visitantes da CASACOR Rio, que ganham, assim, mais um espaço de convívio.

FOTO DE CAPA: Ambiente de Jorge Delmas

FOTOS GENTILMENTE CEDIDAS PELA CASACOR RIO

DESTAQUES

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Atração e repulsa

Ruídos, exposição da artista Berna Reale, em cartaz no CCBB BH, apresenta um recorte da extensa produção da artista paraense

Muito além dos muros do museu

Série audiovisual Caminhadas, lançada recentemente pela Oficina Francisco Brennand é um convite para uma jornada pela de redescobertas e inspiração

Cheio de graça

Reforma de um apartamento no centro de Belo Horizonte apresenta soluções que conferem uma digital única a todos os ambientes

De bem com a vida

Projeto paisagístico de Flavia D’urso em propriedade no sul da Bahia respeita a natureza e cria um paraíso muito particular.

plugins premium WordPress