Trabalho com prazer

No centro de BH, projeto corporativo da Tetro Arquitetura cria ambientes descolados sem perder a seriedade e valorizando os colaboradores

Insta: TETRO ARQUITETURADESK ROOFTOP

Localizada no topo de um edifício antigo na área central de Belo Horizonte, a sede da Desk Rooftop possui uma espetacular vista 360°. De lá é possível avistar vários pontos importantes da cidade, como a Serra do Curral, o Parque Municipal, a região central com seus grafites nas empenas cegas, o bairro Santa Tereza, além de edifícios pós-modernos emblemáticos.

Somado a todas essas qualidades, o projeto de arquitetura, assinado pela Tetro, dos arquitetos Carlos Maia, Débora Mendes e Igor Macedo, demonstra ser possível que o ambiente empresarial seja descolado, “cool”, valorize os empregados, aumente a produtividade criativa e que, por outro lado, mantenha a seriedade, sem infantilizações.

Sâo basicamente três espaços principais: uma grande sala de trabalho, uma sala de reuniões e os terraços. Na sala de trabalho, uma única mesa coletiva ameboide representa a sinergia proposta pelo espaço. O piso roxo feito em pintura epóxi é um dos principais elementos: dá personalidade ao escritório e faz referência ao logotipo da marca. No teto foi criado um “forro” em cabos de aço, que expressa a alma da empresa, “uma rede de conexões de advogados” e tem a função de flexibilizar a infraestrutura elétrica, além de fixar diversos vasos de plantas. Para que se possa escrever nas paredes, todas elas foram revestidas com lousa branca.

A sala de reuniões foi construída em uma das extremidades do terraço e possui uma visão panorâmica de BH. A mesa também segue a mesma linha orgânica da mesa da sala de trabalho e o piso foi executado em deck de madeira, facilitando a drenagem pluvial. Junto à janela desta sala há uma jardineira onde foi criada uma horta com diversos tipos de temperos.

Os terraços dão ainda mais identidade ao ambiente de trabalho. Eles circundam todo o escritório e foram ocupadas como espaços abertos de descompressão. A maioria dos materiais originais foram mantidos, sendo acrescentados o mobiliário feito de deck de madeira e os diversos vasos com árvores frutíferas. Os volumes de aço na cor magenta definem a copa e seus apoios. Uma rede de tecidos presos em cabos de aço gera sombras e tornam o ambiente agradável ao uso em dias de sol.  Essa proposta permitiu uma apropriação interessante pelos funcionários, que fazem questão de almoçar na empresa, confraternizar e fazer reuniões informais.

FOTOS: GUSTAVO XAVIER

DESTAQUES

Ouça nossos podcasts para

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Juan Casemiro

Artista ganha exposição em BH com obras que transitam entre a arquitetura, poesia e o universo da classe operária brasileira

Dias de Sol

Pavilhão Praia, projeto dos arquitetos Caio Camargos, Ramon Duplá e Vinícius Fonseca pra CASACOR Minas 2022 é fluido e inteligente

Tem mágica no ar

Loja/galeria criada pela Alva Design e por Marina Tadeu no segundo andar do Palácio das Mangabeiras tem caráter mais cenográfico

Motorhome: a viagem

Projeto do escritório BCMF para CASACOR Minas 2022 apresenta uma proposta humanizada para quem ama levar a casa para viajar

plugins premium WordPress