O quê? Queijo

Projeto de arquitetura dá ao sabor tradicional um tempero contemporâneo no Centro de Referência do Queijo Artesanal inaugurado em BH

Insta: CENTRO DE REFERENCIA DO QUEIJO ARTESANALJOSÉ LOURENÇO

Sabe aquele nosso amado queijo Minas? Provavelmente ele nunca esteve tão em evidência como agora. Enquanto essa verdadeira iguaria tão nossa está prestes a virar Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco (a candidatura foi recentemente apresentada pelo IPHAN), há outras novidades.

A que mais se destaca é o Centro de Referência do Queijo Artesanal, inaugurado recentemente no shopping Espaço 356, em BH, sob a direção executiva de Sarah Rocha.

Talvez o mais curioso no projeto arquitetônico do espaço seja o fato dele ser assinado pelo arquiteto português José Lourenço. “É interessante que essa mineiridade que esse trabalho exigia foi surgindo em mim, que sou um arquiteto europeu, aos poucos”, conta, acrescentando que em tudo há o viés de Sarah.

E como Lourenço não queria um pastiche de um tradicional ambiente mineiro, tratou de mesclar a tradição com um tempero contemporâneo.

Como resultado, é possível ver que Minas, de ontem, de hoje e de amanhã está lá, nesse espaço amplo e polivalente, que é compartilhado com outro projeto, o INhac, Instituto de Hospitalidade e Artes Culinárias, uma escola de gastronomia para jovens vindos de situação de vulnerabilidade social, também com arquitetura assinada por Lourenço.

Está no skyline das montanhas, feito em inox, na loja que faz parte do complexo, na pedra que se chama Café do Serrado, que foi utilizada na cafeteria e em vários outros materiais regionais.

No espaço, a maior sacada talvez seja a cúpula em vergalhão de ferro, em forma oval, que abraça o visitante e que representa o melhor do espírito mineiro, que é o acolhimento.

O Centro de Referência do Queijo Artesanal conta com um espaço museológico com exposição permanente sobre os modos de fazer do Queijo Artesanal, loja colaborativa de produtos mineiros, sala de aula com cozinha didática, uma biblioteca com foco na cultura e gastronomia de Minas Gerais, além de um espaço multiuso para receber diversos eventos culturais e educativos.

Como diz o arquiteto José Lourenço, “deu muito trabalho fazer, encontrar as soluções que permitissem o uso do aço, por exemplo, mas, principalmente, deu a ele um prazer enorme em ver tudo pronto.

FOTOS  –  NY 18

DESTAQUES

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Atração e repulsa

Ruídos, exposição da artista Berna Reale, em cartaz no CCBB BH, apresenta um recorte da extensa produção da artista paraense

Muito além dos muros do museu

Série audiovisual Caminhadas, lançada recentemente pela Oficina Francisco Brennand é um convite para uma jornada pela de redescobertas e inspiração

Cheio de graça

Reforma de um apartamento no centro de Belo Horizonte apresenta soluções que conferem uma digital única a todos os ambientes

De bem com a vida

Projeto paisagístico de Flavia D’urso em propriedade no sul da Bahia respeita a natureza e cria um paraíso muito particular.

plugins premium WordPress