ILUDI

Marca que nasceu da inquietação de dois arquitetos e designers mineiros aposta no que eles costumam chamar de minimalismo tropical

Insta: ILUDI DESIGN

Boas ideias são inquietas. Elas dão um jeito de nascer, e, quando no mundo, transcendem o óbvio, são muito inspiradoras. É mais ou menos assim que começa a história da ILUDI, marca criada pelos arquitetos e designers Luiz F. Costa e Rodrigo Irffi que tem encantado o mundo com objetos funcionais e dinâmicos. Ao mesmo tempo, o que eles criam costuma provocar os sentidos tanto pela simplicidade quanto pela flexibilidade. A dupla alia referências do design contemporâneo à cultura brasileira e o resultado são soluções elegantes, versáteis e cheias de personalidade em peças de estilo próprio, atemporal e vivo.

Os dois se conheceram na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFMG e, logo no início do curso, perceberam que o excesso de teoria causava certo incomodo a ambos. “Queríamos ir além, transformar aquilo em algo prático.  Não à toa que a Iludi nasceu desta provocação: levar a teoria para o campo prático”, comenta Luiz.

A vontade de colocar em prática as ideias que tinham fez com que, há oito anos, eles iniciassem um pequeno estúdio de design. Nesse período foram muitas as mudanças e maior ainda o trabalho. “ Somos orgulhosos pelo caminho que percorremos e ansiosos para desbravar os próximos passos. Quando criamos nosso pequeno estúdio em 2014, tudo era feito a quatro mãos”, lembra o designer.

Hoje, a ILUDI se transformou em uma marca que está em lojas de todos os estados do Brasil, além de estar presente em mais cinco países: China, EUA, Itália, EAU e Qatar. Uma transformação que ocorreu não só no alcance, mas, principalmente, no entendimento da produção em si.

Atualmente, a maior parte da produção acorre internamente, na fábrica. “Nosso background nos fez entender a importância de conhecer todo o processo produtivo e também a importância de descentralizar o conhecimento e passá-lo para outras mãos e mentes. Assim conseguimos ter fluxo produtivo para atender nossa demanda com qualidade e carinho, explica Luiz.

A empresa conta com dois galpões – um voltado totalmente para a fabricação das peças e outro para logística, expedição e administrativo. Internamente, possui setores de marcenaria, acabamento, pintura, automação (centros de usinagem CNC), concretagem, costura, impressão 3d, inspeção e embalagem. Um time de 22 pessoas, que cresce a cada dia cresce: “Aqui, todos sabem a importância do seu papel para a entrega do produto final e para a construção de marca”.

Unindo a produção artesanal à uma produção mais tecnológica a ILUDI oferece um design contemporâneo, minimalista e genuinamente brasileiro. “Internamente chamamos nosso desenho de “minimalismo tropical”. Nossas peças percorrem entre o escandinavo e o brasileiríssimo sem pudores”, diverte-se Luiz.

A dupla explica que não tem uma maneira linear de trabalhar. Não existe um roteiro, cada peça se constrói sob pesquisa, testes e muito trabalho. “Pesquisamos muito, principalmente sobre processos produtivos, cores e texturas. Além disso a inspiração é uma virtude que não polimos: quando ela vem, logo ganha espaço e fazemos de tudo para torná-la viva. Não é à toa que nosso slogan é Ideias em Movimento! Durante o processo criativo, as arestas vão sendo aparadas até encontrarmos forma e função na mínima parte. O excesso nos incomoda. Prezamos pela alma, pela pele, e não pelo outfit”, explica Luiz, que diz ainda que eles amam a fase da prototipagem. “É a hora que saímos do metafísico e presenciamos a ideia nascer. Cada vez que um projeto nasce é, sem exageros, emocionante pra gente”.

FOTOS GENEROSAMENTE CEDIDAS PELA MARCA

DESTAQUES

Ouça nossos podcasts para

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Juan Casemiro

Artista ganha exposição em BH com obras que transitam entre a arquitetura, poesia e o universo da classe operária brasileira

Dias de Sol

Pavilhão Praia, projeto dos arquitetos Caio Camargos, Ramon Duplá e Vinícius Fonseca pra CASACOR Minas 2022 é fluido e inteligente

Tem mágica no ar

Loja/galeria criada pela Alva Design e por Marina Tadeu no segundo andar do Palácio das Mangabeiras tem caráter mais cenográfico

Motorhome: a viagem

Projeto do escritório BCMF para CASACOR Minas 2022 apresenta uma proposta humanizada para quem ama levar a casa para viajar

plugins premium WordPress