É coisa nossa

Destaque entre prestigiados ambientes da CASACOR Minas, a ardósia mostra um poder que muitos não imaginavam que essa pedra tinha

Insta: CASACORMINASANDRÉA BURATTOANDREA PINTO COELHOKAT FLORES E PAISAGISMO

Pois é, a ardósia, essa pedra mineiríssima, que tem cerca de 95% de sua produção realizada no estado, já passou por todas as controvérsias e poderia ter sido subestimada até sua enésima geração. Mas eis que chega uma edição da CASACOR Minas como a deste ano e sua reputação se salva pelas mãos de competentes arquitetas.

Entre os responsáveis por esse providencial revival de uma pedra natural, que por sinal nunca deixou de fazer sucesso em outras terras, como Estados Unidos e Europa, estão Andréa Buratto e Andrea Pinto Coelho que destacaram a ardósia com muita bossa em seus ambientes.

Andréa Buratto criou uma cozinha com ares de cave e por ter uma atração especial pelos tons que a pedra mineira oferece, escolheu a ardósia como protagonista. Ela está na parede e na bancada e poderia muito bem ter sido repetida no revestimento chevron que ocupa uma das paredes e prossegue no teto, para o qual ela utilizou um cimentício. Tem gente que vê e jura que o material é ardósia e a própria arquiteta confessa que poderia mesmo ter sido.

Já Andrea Pinto Coelho, que projetou uma área ao ar livre que é a cara de quem vive de bem com a vida, escolheu a ardósia para paginar um paredão arrematado no alto por um paisagismo linear exuberante, assinado por Katy Flores e Paisagismo.

Nos dois ambientes, a escolha é certeira e tem sido aclamada pelo público que visita a mostra. Não faltam comentários do tipo: “Nossa! Ardósia! Está usando novamente? Me faz lembrar a casa da minha tia.” Pois é. Na casa do pai, da amiga da avó, do vizinho, talvez a ardósia não fosse tão atraente, isso lá nos anos 1990, como é hoje.

Com novas tecnologias de extração, manuseio e beneficiamento de blocos, a ardósia está mais exuberante do que nunca. E graças ao talento de arquitetos como essa dupla mencionada acima, ela tem se fortalecido como tendência não só na arquitetura de interiores, mas na arquitetura de modo geral. Andrea Buratto e Andrea Pinto Coelho certamente não pensaram, ao criar seus respectivos projetos, que poderiam estar ali, servindo como catalizadoras de tendências. Mas estavam e estão. E sabem fazer isso com muita elegância e conhecimento de causa.

FOTO DE CAPA – Ambiente Andréa Buratto. Foto: Daniel Mansur.

DESTAQUES

Ouça nossas playlist em

LEIA MAIS

Atração e repulsa

Ruídos, exposição da artista Berna Reale, em cartaz no CCBB BH, apresenta um recorte da extensa produção da artista paraense

Muito além dos muros do museu

Série audiovisual Caminhadas, lançada recentemente pela Oficina Francisco Brennand é um convite para uma jornada pela de redescobertas e inspiração

Cheio de graça

Reforma de um apartamento no centro de Belo Horizonte apresenta soluções que conferem uma digital única a todos os ambientes

De bem com a vida

Projeto paisagístico de Flavia D’urso em propriedade no sul da Bahia respeita a natureza e cria um paraíso muito particular.

plugins premium WordPress